Blog

Encontras-te preparado para “TE Perturbares”?

Lá vai o tempo em que se podia pensar numa carreira em determinada organização… Uma ideia comum e muito natural na altura dos nossos pais. Era A perspetiva … Todavia, essa realidade já não se enquadra, há muito tempo, no momento em que vivemos. Quer compreendamos ou não é a pura evolução!… E os melhores entendem, acompanham e adaptam-se a este crescimento e abertura de mentalidade.

Não só somaremos múltiplos empregos no nosso percurso, como teremos também múltiplas carreiras.

As empresas surgem, emergem, falham, cometem deslizes e… “desaparecem”. Existe o downsizing e o upsizing. O chefe que te contratou muda-se para outro lado. As pessoas entram em apuros e apontam os dedos aos outros. A tecnologia e as economias globais tornaram possível o outsourcing dos trabalhos de formas nunca antes pensadas e imaginadas. E os cargos de direção não se encontram imunes.

Com este tipo de realidade, que é a nossa atualidade, não podes contar inteiramente com a organização onde desenvolves o teu trabalho como garantia de um salário contínuo para pagares as tuas despesas fixas. Mesmo quando tudo corre bem as condições podem, num ápice, alterar-se. E por isso é tão importante controlares o teu destino!

Quando te consideras e pensas como se fosses uma marca, o teu objetivo é prosperar, é evoluir continuamente… não é simplesmente sobreviver! Como qualquer gestor de uma marca, precisas de alterar a tua estratégia e as táticas sempre que a dinâmica do mercado de trabalho altera. Percecionas, interpretas e olhas para novas oportunidades e necessidades em que a tua marca é a solução.

O auto-branding trata de tornar especial e visível o “teu conteúdo”, que é único! É ter coragem de apresentar e executar uma ideia e medida diferentes. Trata-se de responder às alterações do mercado de trabalho.

Muitos de nós continuam a fazer aquilo que já há muito tempo não resulta, simplesmente porque se sentem protegidos com a rotina. E a rotina pode ser inimiga porque te cria a ilusão de que o que te está destinado (se é que nos está algo destinado) te alcança sem precisares de “esticar a mão” num grande e sorridente “Olá!”… O auto-branding tem um papel ativo na tua carreira e na tua vida porque te permite aprender como te posicionares e te promoveres no sentido da obtenção de uma vantagem notável.

Afinal de contas, é um mito pensares que vais ser recompensado tendo apenas por base o teu trabalho árduo. Verdade. E se não cuidares de ti, se não te “promoveres” outra pessoa irá fazê-lo. Pois é!… Acredita que as hipóteses de a descrição que farão relativamente à tua marca serem tudo menos aquilo que tens em mente são elevadas.

O auto-branding é para aquelas pessoas que se interpretam como detentoras de uma “mente visionária” e com abertura para novos conhecimentos e reformulação de ideias pré-estabelecidas. Também para aquelas pessoas que realmente julgam serem boas no que fazem, valorizando-se e valorizando o que fazem, não o sendo, contudo, na sua promoção efetiva. É para pessoas que se aperceberam que tomar o controlo das suas identidades é uma necessidade, pois o risco de contar somente com a sorte, com outras pessoas ou até com situações é mais do que elevado! Não sintas medo porque “perturbar” é obrigatório. Quero dizer, a sujeição à perturbação. Sim, porque é no percurso para o equilíbrio que a tua mente se altera e se torna mais atraente! Tornas-te mais confiante. Cresces e aceitas desafios maiores… “perturbações maiores”.  Marca Pessoal, Personal Brand, Branding Pessoal, Personal Branding, Evolução, Evolution, Mente visionária, Visionary Mind, Unicidade, Unicity, Oportunidades, Opportunities, Leonor Reis

O auto-branding é para pessoas que querem fazer mais e chegar mais longe… É para pessoas que precisam de se reinventar e preparar para uma segunda oportunidade. Ninguém se deve prender a uma única oportunidade!… Seria tão injusto! 😉

Todas estas pessoas sabem que a segurança no agora é uma utopia! A segurança reside na capacidade de reagir, de ajustar e flexibilizar. Encontra-se na capacidade de te promoveres com sucesso tendo em atenção as necessidades do mercado. A segurança reside na tua habilidade em responderes à mudança e de beneficiares com ela, ao invés de te esconderes dela. A segurança reside na tua habilidade em desenvolveres uma estratégia e um plano de jogo. A segurança reside em TI!… 🙂

Uau… Tudo isso?!… Pois é, que responsabilidade! 😉

 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: